Bons profissionais são essenciais para o sucesso de qualquer negócio, mas, para atraí-los e retê-los, é necessário treinar os colaboradores visando sanar dificuldades e aprimorar habilidades.

Para realizar treinamentos de forma eficiente é preciso definir os objetivos do negócio e criar um programa de capacitação que esteja alinhado com eles, oferecendo os conhecimentos específicos nos momentos em que eles são necessários.

Neste artigo, mostraremos a importância de treinar os funcionários e apresentaremos informações para identificar necessidades individuais e coletivas e saber quais são os melhores momentos de realizar treinamentos. Leia e aproveite!

Por que é importante treinar os colaboradores?

Os treinamentos são fundamentais para o desenvolvimento de um negócio. É por meio deles que os funcionários conseguem evoluir e oferecer o melhor das suas capacidades. Entre os principais benefícios trazidos por eles estão:

  • aumento da produtividade: como os colaboradores têm mais conhecimento sobre as atividades que estão executando, conseguem realizá-las em menos tempo e com maior qualidade;
  • motivação: com a oferta de capacitação constante, os funcionários sentem que a empresa se importa com o seu desenvolvimento e valoriza o seu trabalho, resultando em satisfação e motivação;
  • compromisso: os empregados percebem que são parte da organização e ficam mais engajados com os objetivos do negócio;
  • menor turnover: os colaboradores tendem a querer permanecer na empresa, pois, estão motivados e têm uma perspectiva de evolução da carreira;
  • diferencial competitivo: ter profissionais altamente capacitados e atualizados possibilita que a empresa desenvolva melhores produtos e ofereça serviços de qualidade, se destacando no mercado em que atua;
  • atração de talentos: a organização se torna uma referência como empregadora, atraindo profissionais com potenciais e que podem contribuir para o êxito do negócio.

Quais são os tipos de treinamentos?

Os tipos de treinamentos podem ser divididos em três grupos: o das habilidades comportamentais, o das habilidades técnicas e o dos pontuais. A seguir, explicaremos de forma mais detalhada cada um deles.

Treinamentos em habilidades comportamentais

Os treinamentos em habilidades comportamentais, ou soft skills, como comunicação e gestão de tempo, estão relacionados a forma como os colaboradores fazem as suas atividades e se relacionam com as outras pessoas.

Esses treinamentos são muito importantes e devem ser oferecidos de forma contínua, considerando as funções dos funcionários e os objetivos individuais e coletivos.

Treinamentos em habilidades técnicas

Os treinamentos em habilidades técnicas, ou em hard skills, são referentes aos conhecimentos que os colaboradores precisam ter em suas áreas de atuação para realizarem as suas tarefas com excelência. Por exemplo, gestão de projetos, programação ou idiomas.

Assim como os treinamentos em habilidades comportamentais, esses treinamentos precisam acontecer de forma contínua, tendo em vista a melhoria constante dos processos da empresa.

Treinamentos pontuais

Os treinamentos pontuais são oferecidos em momentos específicos do desenvolvimento dos funcionários ou da corporação. Por exemplo, na chegada de novos empregados, quando ocorre alterações nos processos internos ou ferramentas usadas, ou no lançamento de produtos e serviços da própria empresa.

Quais os principais momentos em que um treinamento pode fazer a diferença?

Os treinamentos devem estar presentes constantemente no ambiente organizacional, porém, existem momentos em que capacitações específicas precisaram ser oferecidas. A seguir, apresentaremos algumas delas.

Uso de novas tecnologias

Em processos de mudanças nas tecnologias usadas na empresa, é necessário treinar os colaboradores para que todos os recursos oferecidos pela aquisição sejam utilizados e não exista desperdício dos investimentos realizados.

Além disso, essa medida evita que os funcionários se sintam frustrados e desmotivados por não conseguirem usar as novas ferramentas e, consequentemente, desempenhar o seu trabalho da melhor forma.

Mudanças nos processos

As mudanças nos processos das organizações são cada vez mais frequentes. Quando elas ocorrem, é indispensável que os colaboradores saibam os seus papéis na nova conjuntura e estejam preparados para realizar as suas tarefas com excelência.

Para isso, é necessário oferecer treinamentos para que eles aprendam a usar as novas ferramentas, conheçam as razões das alterações que estão sendo realizadas e saibam como elas vão afetar as tarefas diárias.

Contratação de funcionários

Quando um novo colaborador é contratado, é preciso integrá-lo ao ambiente da empresa. Para isso, é necessário oferecer treinamentos que podem ser apenas orientações ou um programa de capacitação mais completo.

Algumas das questões que precisam ser abordadas nesse momento são a estrutura organizacional, os funcionários e suas funções, normas de conduta e a missão, visão e valores da organização.

Atualização

Na maioria das áreas que compõem uma empresa, as inovações são frequentes e os empregados precisam ser capacitados continuamente para acompanhá-las. Dessa forma, a empresa vai ter colaboradores sempre atualizados e bem preparados para se manter competitiva no mercado.

Como identificar as necessidades de treinamentos?

Para identificar as necessidades de treinamentos, a empresa precisa ter uma boa comunicação com os funcionários, gestores e líderes capazes de observar e perceber questões que precisam ser trabalhadas nas equipes.

Ademais, existem algumas práticas que podem facilitar a identificação das necessidades de treinamento. A seguir, apresentaremos algumas delas.

Conversar com os funcionários

Conversas formais ou informais com os colaboradores podem ser uma ótima forma de descobrir as necessidades de treinamentos e alinhar os interesses individuais com os objetivos do negócio. Nelas, os funcionários podem expor as suas dificuldades ou desejos de aperfeiçoamento.

Essa prática é ainda mais efetiva quando a organização tem uma comunicação aberta e um ambiente harmônico, onde as pessoas se sentem à vontade para compartilhar as suas carências e planos para a carreira.

Analisar os resultados da empresa

Os resultados da empresa são reflexos do desempenho dos funcionários. Por meio deles, é possível identificar deficiências coletivas e individuais que precisam ser sanadas. Além disso, é possível identificar talentos e oferecer treinamentos para desenvolvê-los.

Observar a concorrência

Os resultados e ações da concorrência podem ser ótimas fontes de informação para a empresa saber quais aspectos precisam ser melhorados para se destacar no mercado. Com elas, é possível realizar treinamentos de forma assertiva, desenvolvendo as capacidades dos colaboradores em função da evolução do negócio.

Com as informações apresentadas neste artigo é possível criar um planejamento eficiente para oferecer treinamentos. Dessa forma, os funcionários sempre estarão capacitados para realizar o seu trabalho com excelência, ajudando a empresa a obter os melhores resultados.

Gostou de saber quando é hora de treinar os colaboradores da sua empresa? Então, compartilhe este artigo nas suas redes sociais para que ele chegue a ainda mais pessoas!

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado. Os campos marcados são necessários *