Seja em uma reunião com os colaboradores, encontro com clientes, exposição de produto e serviços ou diante de uma plateia, fazer uma apresentação de qualidade é fundamental para quem almeja bons resultados na carreira. Saber falar bem e ter um discurso coerente e persuasivo são características que as empresas valorizam e exigem cada vez mais dos profissionais.

Entretanto, mesmo que você precise melhorar ou não tenha essas habilidades, saiba que é possível aprendê-las e colocá-las em prática no seu trabalho e na sua própria vida. Afinal, as técnicas de apresentação em público servem para desenvolver um discurso mais consciente, de forma que o outro entenda clara e precisamente o que está sendo dito.

Com isso, evitam-se desentendimentos, conflitos e falta de sintonia entre as partes. No que diz respeito ao ambiente profissional, a má comunicação pode gerar uma série de problemas, como turnover elevado, E-NPS com notas ruins ou até mesmo falta de comprometimento entre os integrantes do time.

Conheça o nosso curso: TÉCNICAS DE APRESENTAÇÃO EM PÚBLICO 

Uma apresentação ruim ainda pode gerar prejuízos com relação à captação de clientes, à busca de investidores e à formação de parcerias estratégicas. Para você ficar longe desses enormes problemas, vamos explicar a importância de uma boa apresentação, as técnicas para melhorar a habilidade de falar em público e como fazer um curso de palestrante pode ajudá-lo.

Continue com a gente e boa leitura!

Descubra a importância de melhorar a habilidade de apresentação em público

Sem exagero, podemos dizer que as técnicas de apresentação em público são importantes para a vida como um todo — até porque somos a mesma pessoa tanto para questões do âmbito profissional quanto para as pessoais, e, quando melhoramos uma área, automaticamente sentimos o efeito positivo na outra.

Aprender a falar e expressar bem as suas ideias para um pequeno ou grande público é uma habilidade que será usada com os seus familiares, amigos, colaboradores, gestores e clientes. E quanto mais você praticar as ferramentas certas, mais poderoso e certeiro será o seu discurso.

Porém, com relação aos benefícios específicos para o ambiente profissional, podemos dizer que ter habilidade para fazer apresentação proporciona as seguintes vantagens:

Sucesso individual e para o negócio

Do ponto de vista individual, podemos entender a entrevista de emprego como a primeira apresentação profissional. Nela, é preciso mostrar o seu talento e as razões pelas quais vale a pena a empresa contratar você, e não o seu concorrente.

Conheça o nosso curso: COMUNICAÇÃO VERBAL

As promoções também funcionam da mesma forma, pois é necessário apresentar um bom trabalho e desempenho para progredir na carreira. E, ao chegar a um cargo de gestão, será necessário treinar e motivar a equipe.

Para o negócio, isso também funciona bem. Mesmo que a companhia tenha um produto ou ofereça um serviço totalmente inovador e com alto potencial de demanda, a boa apresentação dele contará para atrair clientes, investidores e parceiros.

Redução do estresse

Ser hábil na hora de comunicar e apresentar as ideias é fundamental no ambiente profissional, além de colaborar significativamente para reduzir a falta de entendimento, uma das principais causas de desentendimentos e estresse no trabalho.

As técnicas de apresentação são bastante úteis para colocar em prática uma boa comunicação dentro das empresas.

Melhora na gestão do tempo

Tempo é algo preciso principalmente no que diz respeito ao alcance de metas e para a geração de resultados. Reuniões e apresentações práticas e objetivas colaboram para a boa gestão das horas de trabalho. Para que elas sejam dessa maneira, é preciso que o líder ou o apresentador domine bem o assunto e saiba fazer um bom planejamento do que pretende falar.

Por outro lado, quem não usa bem as ferramentas de comunicação acaba desperdiçando muito tempo nessas ocasiões.

Boa liderança

Geralmente, os bons oradores também têm uma ótima capacidade para liderar equipes de sucesso, pois sabem se comunicar de uma maneira eficiente, ouvindo e motivando os colaboradores.

Eles também são capazes de inspirar as pessoas ao contar histórias, sabem propor ou buscar soluções inovadoras para a empresa e promover o engajamento. Tudo isso graças às habilidades necessárias para fazer uma boa apresentação.

Conheça 5 técnicas para melhorar a sua habilidade de falar em público

Depois de entender a importância de uma boa apresentação, o próximo passo é conhecer as técnicas para melhorar a sua capacidade de falar e se expressar em público. Elas servem como uma base inicial para quem deseja fazer um bom discurso.

Porém, existe uma série de cursos e treinamentos especializados em comunicação verbal, apresentação em público e, inclusive, em formação de palestrante, como mostraremos mais adiante. Por enquanto, vamos explicar como perder o medo de falar em público, treinar o discurso, ter atenção quanto à comunicação emitida pelo corpo, transmitir segurança e expressar-se bem.

1. Controle o medo de falar em público

Nem todos nós já nascemos extrovertidos e prontos para falar diante de um pequeno grupo ou muitas pessoas. Porém, é possível treinar essa habilidade e perder o medo de falar em público. A primeira dica é identificar os sinais de desconforto que o corpo pode emitir nessa situação.

Conheça nosso curso: COMUNICAÇÃO ESCRITA

Voz tremida, batimentos cardíacos acelerados, suor e perda de foco são alguns dos sintomas do estresse e da ansiedade provocados pela expectativa da apresentação. Para controlá-los, procure respirar fundo, relaxar e visualizar tanto os aspectos positivos de falar em público quanto a forma como deseja conduzir o discurso e o feedback dos ouvintes.

2. Treine o seu discurso antes da apresentação

Para qualquer tipo de apresentação, seja para clientes ou colaboradores, é importante estudar, escrever e treinar o que será falado antecipadamente. Inicialmente, coloque no papel tudo o que deseja abordar sobre o tema ou os assuntos específicos que serão falados.

Após esse brainstorm, selecione o que é mais relevante e faça um resumo das informações. Se quiser algo mais claro e dinâmico, utilize tópicos e palavras-chave. Depois, leia em voz alta e de frente para o espelho, procurando olhar para si mesmo e prestando atenção no tempo que será gasto.

Com isso, você pode adquirir mais segurança na hora de manter o contato visual com o público e cronometrar a duração da apresentação, de forma que ela seja curta, de fácil entendimento e objetiva.

3. Preste atenção à sua postura

As expressões corporais e faciais são muito importantes durante o processo de comunicação. Inclusive, elas podem transmitir mais mensagens do que apenas as palavras que estão sendo ditas ou até mesmo provocar ruídos se estiverem em contradição com o que é falado.

Ombros curvados, cabeça baixa e braços recolhidos transmitem falta de segurança e fazem com o que público não preste muita atenção ao discurso.

Por isso, pratique posturas poderosas antes de se apresentar, como indica a psicóloga Amy Cuddy em uma Ted Talk sobre linguagem corporal. Ela diz que levantar os braços, estufar o peito e erguer a cabeça é eficaz para aumentar a autoconfiança e pode ter um impacto significativo nas suas chances de criar uma apresentação de sucesso.

4. Procure passar segurança

Muitos podem confundir falar com segurança com gritar, impor opiniões ou ser rude. Porém, é justamente o contrário. A ideia é ser constante durante a fala, apresentar uma boa linha de raciocínio e ter argumentos lógicos de acordo com o tema abordado.

Também é fundamental colocar em prática os conceitos da comunicação não violenta, evitando o uso de juízo de valor e expressando os argumentos de maneira positiva. Durante uma reunião de trabalho, por exemplo, é preciso expor as necessidades sem ser agressivo com os colaboradores.

5. Atente para o jeito como fala

O assunto é essencial, mas o jeito de falar também. A entonação e a velocidade da fala devem ser bem trabalhadas para que as pessoas realmente escutem o que você está dizendo. Falar com uma voz muito aguda ou anasalada pode prejudicar a atenção do outro.

É o que explica Julian Treasure durante uma Ted Talk sobre como falar para que as pessoas queiram ouvir. O especialista ainda diz que vozes mais graves transmitem mais segurança, poder e autoridade ao discurso. As ênfases, pausas e até mesmo os períodos mais longos de silêncio também proporcionam excelência.

Saiba quais são as 4 técnicas para preparar bem a apresentação

Também existem técnicas de apresentação em público que dizem respeito à preparação. Elas são muito úteis, pois evitam a ocorrência de imprevistos, falas confusas e os famosos esquecimentos. O tempo para se preparar varia conforme a proporção e importância do evento.

Para reuniões produtivas com os colaboradores, uma boa indicação é coletar dados e informações ao longo do mês ou semana e registrá-los em um caderno ou em uma planilha de computador. Depois, separe um período do dia para elaborar os tópicos que devem ser abordados.

No caso de apresentação de resultados para a equipe ou investidores, será necessário um tempo maior de elaboração, incluindo a análise de dados e a relação de próximos passos. Para as duas situações, vale a pena ter pessoas para auxiliarem o gestor ou até mesmo contar com ajuda profissional externa.

Agora, de maneira geral, podemos destacar as 4 seguintes práticas:

1. Leitura de todo o material

Leia e releia todo o material relativo à apresentação, separando anotações importantes e deixando-as em um local de fácil acesso para a hora de falar em público.

Se for preciso, faça destaques ou desenhos para ajudar a memorizar determinados trechos, caso seja necessário. Também revise e confirme as informações que serão utilizadas como referência, já que erros de dados prejudicam a credibilidade do discurso.

2. Contar uma boa história

Ter uma boa oratória significa ser capaz de contar uma boa história. Para isso, é necessário saber antecipadamente o que deseja falar, quem é o público e o que pretende com isso. Assim, será mais fácil construir e seguir uma sequência lógica para facilitar o entendimento de quem está ouvindo.

Além disso, veja ou escute histórias que sejam transmitidas de uma forma criativa e inspiradora. Uma delas é contada pela palestrante Thaís Pegoraro em uma Ted Talk em São Paulo. Ela fala sobre como o seu maior professor, o fracasso, a ajudou a superar dificuldades, realizar sonhos e dar a volta por cima.

Um grande diferencial presente nesse vídeo é a forma como foi construída a narrativa, que surpreende e capta a atenção de quem assiste a ele do início ao fim.

3. Uso de uma apresentação visual

Dependendo do tipo de apresentação, a utilização de imagem nem sempre é possível. Porém, quando puder, faça uso de ferramentas visuais, seja na forma de uma animação, PowerPoint, vídeo ou podcast.

Essa é uma estratégia importante, porque chama a atenção do público e serve como um guia para você não perder a linha de raciocínio durante a apresentação.

4. Teste os equipamentos e incentive a interação

Por fim, teste os equipamentos que serão utilizados na apresentação antecipadamente, verificando se tudo de que precisa está funcionando de forma adequada. Isso evita problemas e ainda ajuda a controlar a ansiedade de ter de falar em público.

Outra prática importante é incentivar a interação dos seus ouvintes, abrindo espaço para o diálogo e para ouvir os feedbacks necessários. Nessa etapa, ouça atentamente e desenvolva uma conversa para que todos possam falar sem culpa, fator imprescindível em apresentações profissionais.

Aprenda 3 técnicas para ficar mais tranquilo antes de se apresentar

A tranquilidade é uma característica fundamental para transmitir autoridade e confiança durante o discurso. Embora muitas vezes seja difícil controlar a ansiedade, principalmente alguns dias ou horas antes da apresentação, certas ferramentas podem ajudar você a relaxar e se acalmar.

Dormir bem, alimentar-se de forma adequada, fazer técnicas de respiração e praticar exercícios de voz proporciona uma sensação de bem-estar e auxiliam o equilíbrio da mente e do corpo. Confira abaixo a explicação de cada um dos 3 métodos:

1. Durma e alimente-se bem

Dormir e comer é essencial para a vida. Noites maldormidas e alimentação inadequada causam uma série de reações no corpo e elevam o estresse e a ansiedade. E, como já vimos, esses dois fatores prejudicam a realização de uma boa apresentação.

Ter um sono ruim ou dormir pouco aumenta o risco de desenvolver doenças e pode até reduzir a expectativa de vida, de acordo com uma pesquisa publicada pelo G1. Porém, você sabia que isso também interfere negativamente até na atração?

Um estudo publicado pela The Royal Society concluiu que quem dorme pouco parece menos atraente para as outras pessoas. Em uma apresentação, é claro que você não está preocupado em conquistar no sentido romântico, mas é importante cativar a atenção do público.

Algo semelhante também acontece quando você priva o organismo de receber nutrientes fundamentais para o funcionamento. Por isso, coma de forma equilibrada antes da apresentação e não se esqueça de beber água.

2. Utilize técnicas de respiração

Quem pratica ioga sabe o quanto as técnicas de respiração contribuem para promover a concentração, proporcionar mais vitalidade e acalmar os nervos! Todos esses benefícios são muito positivos para quem vai se apresentar em público.

Além disso, pesquisas científicas indicam mais aspectos positivos relacionados a uma respiração mais consciente. Dentre eles, os que mais se destacam são a redução de ansiedade, estresse, depressão e problemas ligados à falta de atenção.

Existem diversas técnicas de respiração, mas vamos explicar uma delas. Para realizá-la, basta sentar-se em uma cadeira, mantendo a coluna ereta. Depois, inspire calmamente contando até 5, enchendo a barriga de ar.

Segure por um instante e solte o ar contando até seis. Repita o processo por pelo menos 10 minutos, sendo uma ótima prática para realizar antes de qualquer apresentação.

3. Pratique exercícios para a voz

Os exercícios de aquecimento de voz, além de prepararem você para o discurso, ainda podem ajudá-lo a relaxar e diminuir a ansiedade. No próprio vídeo que citamos acima, Julian Treasure ensina práticas simples que podem ser feitas antes de qualquer apresentação.

Faça um curso de palestrante

Após mostrar as diversas técnicas de apresentação em público, se o seu objetivo é se aprofundar mais no assunto, vale a pena investir em um curso de formação de palestrantes. Por meio dele, é possível não apenas melhorar a habilidade de se apresentar, como também de vender o próprio serviço ou produto e liderar equipes.

No entanto, é fundamental procurar uma instituição experiente e especializada no assunto. O Instituto Passadori, por exemplo, prepara profissionais para se destacarem no mercado há mais de 33 anos. Com tradição e inovação, já capacitou mais de 90 mil pessoas e desenvolveu projetos em mais de 500 empresas brasileiras.

Focado em oferecer conhecimento de excelência, o instituto traz uma oportunidade única para quem deseja se tornar um palestrante capaz de agradar e cativar os mais variados tipos de público.

Para quem é indicado

O curso é indicado para todos que almejem fazer a diferença na vida das pessoas, proporcionando inspirações por meio da fala.

O programa é ideal para gestores, líderes de projetos, gerentes, supervisores, profissionais que lidam com vendas ou negociações e para aqueles que trabalham na área de comunicação ou que desejam se diferenciar tanto na vida pessoal quanto profissional.

Metodologia e recursos didáticos

Conhece a metodologia F.A.L.A.R.? Ela engloba conceitos de finalidade, análise, lapidação, avaliação e resultado e tem como objetivo promover o processo contínuo de aprendizagem.

Além disso, o curso de formação de palestrante tem as suas bases na andragogia, ciência voltada para o direcionamento de adultos em busca do conhecimento. Assim, promove de maneira prática seis princípios voltados para o autoconhecimento e a motivação.

A realização de atividades de campo, na sala de aula e de coaching faz parte dos recursos didáticos usados. Exercícios de teatralização e filmagens também são técnicas de ensino aplicadas ao longo do curso.

Como funciona e os benefícios

O curso de formação de palestrantes tem como objetivo ensinar o planejamento e a estruturação de palestras e apresentações, despertar o poder pessoal e fornecer as ferramentas necessárias para que os participantes possam manter a atenção do público.

Os benefícios que podem ser obtidos com esse tipo de formação são diversos, tais como:

  • satisfação e fortalecimento pessoal;
  • ampliação das habilidades de comunicação, negociação e vendas;
  • aumento da capacidade de diálogo e resolução de desafios;
  • sucesso profissional.

Sem contar que será uma oportunidade de desenvolver os relacionamentos profissionais de uma forma mais consciente e produtiva.

Coloque em prática nossa dica final

Por fim, a última dica para fazer uma boa apresentação em público é provocar o sentimento de identificação entre você e os seus próprios ouvintes. Para isso, produza um discurso que provoque emoções positivas e estabeleça um elo entre quem apresenta e escuta.

Afinal, os melhores oradores da história são aqueles capazes de não apenas transmitir dados, mas sim emoções. Além disso, por meio das palavras, eles podem provocar grandes transformações nas pessoas e na sociedade.

Se o seu objetivo é ser ouvido com atenção e se transformar em um grande líder, lembre-se de utilizar as técnicas de apresentação em público. Colocá-las em prática é um processo essencial, que, com o tempo, vai gerar diversos resultados benéficos, favorecendo a construção de um discurso inteligente e cativante.

Por isso, planeje-se, preste atenção à sua postura durante a fala, exerça uma boa liderança e estabeleça uma abertura para interação depois de finalizada a apresentação. Se você se sentir ansioso ou estressado, faça exercícios de respiração e voz para recuperar a calma e o foco.

E não se esqueça de que é possível aprender a falar bem em público tanto por meio de ajuda profissional, quando necessário, quanto pelo curso de formação de palestrante, caso queira dar um passo adiante em busca de um melhor desempenho.

Com essas técnicas de apresentação em público, fica mais fácil fazer um excelente discurso e cativar as pessoas, não é mesmo? Então, baixe agora mesmo o e-book “Guia do Palestrante: Dicas e técnicas para ter sucesso nas palestras” e continue aprimorando os seus conhecimentos! Até mais!

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado. Os campos marcados são necessários *