O medo de falar em público é uma barreira para a evolução de muitos profissionais. Essa habilidade é fundamental em qualquer carreira, mas, para muitas pessoas, desenvolvê-la parece quase impossível.

Porém, esse temor pode ser superado. Muitas personalidades famosas por suas conquistas conseguiram vencê-lo e tiveram êxito em suas áreas de atuação.

Neste artigo, apresentaremos cinco personalidades que tiveram essa dificuldade e mostraremos como elas lidaram com esse problema e atingiram o sucesso. Confira!

1. Mahatma Gandhi

Com um grande poder de persuasão e uma oratória precisa, Mahatma Gandhi liderou um dos maiores movimentos de independência da história. Entretanto, falar em público nem sempre foi algo fácil para ele.

Formado em direito, na primeira vez que precisou estar em um tribunal ele entrou em pânico e não conseguiu pronunciar uma única palavra. Mais tarde, relatou que na ocasião sentiu tanto pavor que tudo a sua volta pareceu girar.

Gandhi encontrou o incentivo necessário para superar o medo quando decidiu se dedicar a uma causa e desejou profundamente transmitir uma mensagem que considerava muito importante.

Ele colocou seu foco na sua verdade e na quantidade de pessoas que poderiam ser beneficiadas se ele enfrentasse o pânico que tantas vezes havia o impedido de se expressar.

No fim, a dificuldade de comunicação da juventude trouxe uma das maiores qualidades dos discursos de Gandhi, a concisão. No processo de superar seus temores ele teve que aprender a expressar o máximo com o mínimo de palavras, construindo discursos rápidos e certeiros.

2. Warren Buffett

Warren Buffett é uma das pessoas mais ricas e influentes do mundo e, para conquistar o sucesso, precisou ter uma boa oratória, mas teve que vencer os seus medos para conseguir falar em público.

Na universidade tinha receio até mesmo de se apresentar em sala de aula e evitou ao máximo fazer disciplinas que necessitavam que ele falasse em frente aos colegas.

Quando se tornou corretor da bolsa de valores, percebeu que uma boa oratória era essencial para o sucesso da sua carreira e se matriculou em um prestigiado curso sobre falar em público.

Nas aulas ele descobriu que existiam outros profissionais na mesma situação e eles estavam conseguindo superar as suas limitações e ter crescimento profissional. Isso o incentivou a seguir no curso e desafiar os próprios limites.

 

Inscreva-se no curso TÉCNICAS DE APRESENTAÇÃO EM PÚBLICO e vença você também esse medo que te impede de conseguir novos patamares.

 

3. Thomas Jefferson

Thomas Jefferson foi o terceiro presidente dos Estados Unidos e uma das figuras mais importantes do país, mas as suas dificuldades de se expressar diante do público eram notórias e ficaram registradas em diversos documentos.

Os relatos sobre o pânico de falar em público de Jefferson, presentes em biografias e registros históricos, são tão assustadores que psiquiatras de universidades americanas consideraram que ele sofria de sociofobia.

Entre os registros analisados estão depoimentos, por exemplo, de John Adams, o segundo presidente dos Estados Unidos, que disse que durante o tempo que esteve no congresso com Jefferson, o colega era alguém de poucas palavras.

Oficialmente, nos oito anos como presidente, Thomas fez apenas dois discursos públicos e relatos mostram que o tom de voz empregado era tão baixo que as palavras eram quase inaudíveis.

Os documentos não mostram se Thomas superou o seu medo de falar em público, mas fica claro que ele precisou enfrentá-lo em diversas situações e contorná-lo quando necessário.

Para isso, desenvolveu as suas habilidades de escrita e construiu discursos curtos, que transmitiam a mensagem necessária em poucas palavras, evitando a necessidade de ficar muito tempo diante de uma multidão.

4. Abraham Lincoln

Abraham Lincoln foi um dos presidentes mais ilustres dos Estados unidos e teve o seu poder de oratória reconhecido e invejado, mas nem sempre foi assim. Quando começou a ganhar projeção nacional, estar diante de grandes plateias se mostrou uma empecilho para a evolução da carreira política.

Em uma carta escrita em 1860 ele alega se sentir nervoso por ter que falar em público. A confidência foi feita logo depois de Lincoln realizar uma palestra considerada eletrizante na Cooper Union, em Nova York, sobre a difusão da escravidão.

Após o discurso, ele foi visto como uma opção para concorrer a presidência e chamado para falar em Nova Jersey no mês seguinte, mas recusou o convite.

Nesse momento, estar diante do público já não era uma novidade para Lincoln, ele já era conhecido por ter realizado grandes debates nos anos anteriores. Porém, o conteúdo presente na carta indica que a projeção nacional o fez ficar tão desconfortável e ansioso a ponto de recusar uma grande oportunidade.

Mesmo com os temores relatados na carta, Abraham Lincoln se tornou presidente em 1861, superando suas limitações para se tornar um dos líderes mais importantes da história.

5. Joel Osteen

Joel Osteen já foi considerado uma das pessoas mais fascinantes e influentes do mundo. Tudo isso por meio de discursos poderosos diante de milhares de pessoas, transmitidos pela televisão para diversos países.

Ministro de uma das maiores Igrejas dos Estados Unidos, ele nem sempre teve o poder de oratória e a desenvoltura no palco que apresenta em suas pregações.

Osteen tinha 36 anos quando precisou falar para um grande plateia pela primeira vez, ao fazer o seu primeiro sermão e, segundo ele, foi uma experiência assustadora. O que ele não sabia, no entanto, é que isso se tornaria rotineiro.

Após a morte de seu pai, Joel Osteen foi incentivado a continuar o trabalho e se tornar um ministro, dessa forma o homem que até então havia ficado nos bastidores precisou se colocar em frente a milhares de pessoas para transmitir uma mensagem.

Em meio a duras críticas sobre o seu desempenho e comparações com o pai, Osteen precisou superar os seus medos. Para isso ele reprogramou sua mente, transformando os comentários depreciativos em palavras positivas que servissem de incentivo e o ajudassem a ultrapassar a barreira das inseguranças, convertendo as dúvidas em afirmações encorajadoras.

Ter uma boa comunicação verbal é a essência para o êxito profissional e essas personalidades são exemplos de que com motivação, empenho e ajuda qualificada é possível superar o medo de falar em público e alcançar o sucesso.

Gostou de saber como essas personalidades venceram o medo de falar em público? Siga os nossos perfis no Facebook, no YouTube, no Twitter e LinkedIn e fique por dentro das nossas novidades.

 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *
You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>